ades

  • JB News

    7 de fev de 2017

    Pessoas com deficiência recebem vales sociais em Belford Roxo

    Elenida Cruz gasta em me´dia R$ 30 quando vai se consultar no Rio
    Foto: Rafael Barreto

    BELFORD ROXO - A Prefeitura de Belford Roxo entregou 471 cartões de Vale Social (Riocard) a pessoas com deficiência (física, visual, mental e auditiva), além de doentes crônicos que estejam em tratamento. A solenidade, realizada na Fundação de Desenvolvimento Social de Belford Roxo (Funbel), contou com a participação da secretária de Assistência Social e Cidadania, Daniela Carneiro.
    O cartão Vale Social sempre é concedido com validade, sendo possível a renovação. Em alguns casos (menores de idade e adultos incapazes), o acompanhante do paciente também é beneficiado com a gratuidade da passagem em ônibus intermunicipais, barcas trens e metrô, facilitando assim a locomoção para tratamento. São 60 viagens mensais.

    Daniela Carneiro disse que uma das funções da Secretaria é fazer com que os direitos das pessoas sejam respeitados. Ela destacou que Belford Roxo enfrentou anos de descaso do poder público com a população. “O desafio é grande, mas aos poucos estamos colocando a casa em ordem, pois nosso governo é transparente. Fico feliz em poder participar desta solenidade e ver as pessoas recebendo o vale social”, concluiu Daniela.

    Presidente da Funbel, Getulio Mapa frisou que em pouco mais de um mês à frente do órgão já implantou mudanças, destacando a mudança de horário de atendimento das 9h para as 8h. Segundo ele, a medida evita que as pessoas fiquem na fila do lado de fora. “Nossa meta é atender bem quem nos procura. A entrega dos vales sociais, uma parceria da Funbel com a Secretaria de Assistência Social e Cidadania, é uma prova que respeitamos o cidadão”, resumiu Getulio Mapa, destacando o convênio que a Prefeitura tem com a Secretaria de Estado de Transportes.

    Transplantada gasta R$ 30 de passagem para ir ao médico

    A dona de casa Elenilda Cruz, 61 anos, faz tratamento do câncer de mama no Hospital Servidores do Estado, Centro do Rio. Satisfeita com o vale social, ela disse que pelo menos uma vez por semana tem que ir à unidade. “Tenho que levar sempre uma pessoa de acompanhante. Sem o vale, gasto em média R$ 30 cada vez que vou ao Servidores do Estado. Graças a Deus, com o Riocard será muito melhor”, finalizou.

    Moradora do bairro Santa Tereza, Ana Maria Fernandes, 51, estava esperando o vale social desde agosto do ano passado, quando deu entrada na renovação. “Fiz transplante de rins e tenho que ir a semana toda a um hospital no Fundão e a outro na Tijuca. O gasto é muito grande. Calculo uns R$ 30 por dia. Agora, com o vale social será muito mais fácil e não precisarei gastar com passagens de ônibus”, finalizou.

    O cartão vale social pode ser solicitado na Funbel, que fica à Rua José da Cunha, 268, Areia Branca. Para pessoas com deficiência é necessário levar os seguintes documentos: original e cópia do documento oficial de identificação com foto, ou certidão de nascimento; CPF; comprovante de residência ou declaração de que reside naquele endereço; uma foto 3×4. Para menores de idade, devem ser anexadas cópias do documento de identidade e CPF do responsável. Já para doentes crônicos, além dos documentos acima, o interessado deve levar também cópias do cartão de consulta da unidade pública de saúde ou conveniada com o SUS onde realiza tratamento, das receitas atuais dos medicamentos em uso e exames/laudos que comprovem o quadro clínico descrito no laudo.
    • Comente pelo Google+
    • Comente pelo Facebook

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Pessoas com deficiência recebem vales sociais em Belford Roxo Rating: 5 Reviewed By: Jornalismo e Informática
    Scroll to Top