JB NEWS

.

.

POLÍTICA

CULTURA

PLANTÃO POLICIAL

OBRAS

27 de abr de 2017

Prefeito Waguinho acompanha obras de recapeamento na Vila Entre Rios em Belford Roxo

BELFORD ROXO - O prefeito de Belford Roxo, Wagner Carneiro, o Waguinho, acompanhou na segunda-feira (24) o recapeamento de cerca de 20 ruas do bairro Vila Entre Rios, próximo ao Farrula. No total, as obras serão feitas em aproximadamente 6 km de ruas. A primeira a ser beneficiada foi a Voluntários, que tem 405 metros de extensão. As intervenções fazem parte do projeto “Meu Bairro de Cara Nova”.

Waguinho destacou que durante a campanha andou pelo bairro e percebeu a necessidade de fazer um trabalho de recuperação das ruas, que estão esburacadas. “Vamos avançar também para outros bairros, pois encontrei Belford Roxo em precário estado. Acredito que já tapamos cerca de 40% dos buracos da cidade”, avaliou Waguinho, ao lado do secretário municipal de Conservação, Paulo Sérgio Correa Luna, o Mano, enquanto observava a máquina espalhando e compactando o asfalto.

Além da Patriota, receberão melhorias as seguintes ruas: Pedro Elifas, Nações, Congregado, Pátria, Lisboa, Largo da Piam, Americana, Baipina, Marujo, Civilização, Batajos, Boiobi, Misericórdia, Voluntários da Pátria e Brasil, além de um beco, 70 metros de passagens transversais e 25 metros de outro largo. “A rua estava muito esburacada. Agora vai melhorar com o trabalho que a Prefeitura está fazendo”, comemorou o aposentado Antonio Duarte Filho, 64 anos, que mora há 32 na Patriota.

28/04/2017

Apple planeja carregamento do iPhone via Wi-Fi

No futuro, seu iPhone pode ser carregado de uma maneira mais fácil do que você pensa. A Apple recebeu nesta semana a patente de uma tecnologia que permite carregar a bateria de um dispositivo usando o Wi-Fi. O sistema aproveita os sinais emitidos por roteadores, que contam com antenas especializadas, e conversores nos celulares que converteriam a potência recebida em energia.

Se você achou a ideia familiar, está certo. Há alguns meses a equipe de pesquisas da Disney desenvolveu uma sala capaz de carregar dispositivos usando campos eletromagnéticos.


Ainda não se sabe se o carregamento sem fio da Apple se tornará realidade. A ideia, por enquanto apenas descrita em uma patente, é promissora e pode ajudar a acabar com uma das principais reclamações de donos de iPhones: a baixa duração da bateria.

Via: Olhar Digital
28/04/2017

Família de baleado em estação de trem do ramal de Belford Roxo acusa Supervia de negligência

A família de Felipe Fontoura Clemente de Cerqueira, de 24 anos, pensa acionar a Supervia na Justiça. O jovem foi atingido por um tiro no braço direito, durante confronto no Jacarezinho, na Zona Norte do Rio. O rapaz, que trabalha num lava a jato, na Tijuca, estava na estação aguardando a chegada do trem na hora do tiroteio.

Segundo a irmã da vítima, Priscila Almeida Fontoura de Oliveira, de 29 anos, o agente da estação do Jacarezinho além de não socorrer o seu irmão ainda obrigou que ele deixasse o local, mesmo vendo que o jovem estava ferido.

— Ele só teve socorro porque o vizinho de uma irmã dele por parte de pai reconheceu ele e ligou para ela, que foi de mototaxi até o local — contou a mãe do rapaz Rosilene Almeida Fontoura, de 48, anos.

O rapaz está no Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro.

— Nos informaram que ele está no centro cirúrgico nesse momento. Não corre riscos, mas deve ficar com sequelas — disse Priscila.

Em nota, a Supervia lamenta que a insegurança na região tenha colocado em risco a integridade física e a vida de passageiros, e informa que vai apurar a conduta do agente no auxílio ao ferido.

A concessionária diz que foi informada pelo agentes sobre a presença de um homem ferido na plataforma. "Seguindo o procedimento padrão, a concessionária se prontificou a acionar os órgãos competentes para o atendimento especializado, como Corpo de Bombeiros, SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e/ou Polícia Militar, mas, minutos depois, o homem foi removido da estação", afirma a nota.

No início da manhã desta quinta-feira, o mototaxista Brendo Souza Silva, de 21 anos, morreu após ser baleado na favela do Jacarezinho. Ele foi surpreendido pela polícia em um beco durante a operação. Segundo Tânia Regina, de 49 anos, vizinha do rapaz, ele não portava arma nem tinha passagem pela polícia. Breno chegou a ser socorrido para o Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, mas não resistiu.

Nota SuperVia

"A SuperVia esclarece que das 7h às 10h35 de hoje (27/04), devido a problemas de segurança pública nas proximidades da estação Jacarezinho, os trens do ramal Belford Roxo precisaram circular somente entre as estações Del Castilho e Belford Roxo. Nesse período, a estação Jacarezinho permaneceu fechada. Por volta de 7h40, a SuperVia foi informada pelo agente da estação sobre a presença de um homem ferido na plataforma. Seguindo o procedimento padrão, a concessionária se prontificou a acionar os órgãos competentes para o atendimento especializado, como Corpo de Bombeiros, SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e/ou Polícia Militar, mas, minutos depois, o homem foi removido da estação.

A concessionária lembra que, no momento do ocorrido, havia intensa troca de tiros na região da estação Jacarezinho, por isso a estação foi imediatamente fechada, a circulação no local foi interrompida e os funcionários da SuperVia orientados a se protegerem. Ainda assim, a SuperVia vai apurar a conduta do agente no auxílio ao ferido.

A SuperVia lamenta que, mais uma vez, a insegurança na região do Jacarezinho tenha motivado operações policiais que colocam em risco a integridade física e até mesmo a vida de passageiros e funcionários da empresa, além de impactar a locomoção de milhares de pessoas que dependem dos trens do Rio de Janeiro".

Via: Jornal Extra
Foto: Geraldo Ribeiro
28/04/2017

Motoristas e cobradores do Rio decidem aderir à 'Greve Geral'

Sindicato decidiu, em assembleia, aderir à paralisação do dia 28

Rio - O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio de Janeiro (Sintraturb RJ) decidiu, em assembleia realizada nesta segunda-feira, aderir à paralisação nacional do dia 28 de abril, movimento de protesto à Reforma da Previdência. Segundo Sebastião José, presidente do sindicato, o movimento será feito dentro das normas da lei e contará com muita adesão dos trabalhadores: "Os profissionais da categoria chegaram 'com a faca nos dentes', o sentimento é de extrema revolta contra a escravidão que é imposta", disse. Segundo eles, as mudanças nas regras da Previdência devem afetar profundamente os trabalhadores deste setor. 

A assembleia decidiu ainda tentar negociar o reajuste salarial de 2017 com as empresas de ônibus. O sindicato defende que as negociações devem ser abertas apesar do bloqueio da tarifa decidito pela Prefeitura: "No dia 28, nos reuniremos às 8h30 na porta da prefeitura da cidade para entregar ao prefeito um encaminhamento de um aditivo. Pedimos que seja baixado um decreto proibindo a terceirização no setor de transporte
coletivo da cidade. O mesmo aditivo será encaminha para os representantes das empresas de ônibus. Se as tarifas não são reajustadas, isso é um problema entre as empresas e a prefeitura. Não temos nada com isso", declarou Sebastião José.

O presidente do sindicato aproveitou para lembrar de mais um direito perdido pela categoria: até 1996, os motoristas tinham direito a aposentadoria especial após 25 anos de trabalho. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso alterou a idade para 30 anos e, posteriormente, ela foi novamente modificada para 35 anos de serviço. "E esse mesmo motorista mesmo assim sofre com uma série de doenças provenientes de sua função, como stress, problemas na coluna e úlcera, já que ele não consegue se alimentar nem descansar direito", lamentou. 

Tarifa bloqueada

A Prefeitura está mantendo sua posição de não permitir reajuste no valor das passagens de ônibus do município, até que toda a frota seja climatizada. De acordo com o secretário municipal de Transportes, Fernando MacDowell, as empresas precisam cumprir o contrato sem a necessidade de aumento na tarifa.

Via: O Dia
28/04/2017

Belford Roxo registra baixa procura por vacina contra a gripe

Iniciada em 17 de abril, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza ainda não decolou em Belford Roxo. Nos dez primeiros dias de imunização, cerca de 5 mil pessoas foram vacinadas. O número está bem abaixo da meta estipulada pela Secretaria Municipal de Saúde, que espera imunizar 107 mil e 900 pessoas. A campanha vai até 26 de maio. Belford Roxo disponibilizou 23 unidades de saúde do município para a vacinação. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

O prefeito Wagner Carneiro, o Waguinho, falou da necessidade da vacina. “A imunização é a forma mais eficaz de se evitar a gripe. Nesta época do ano, o organismo fica mais suscetível às complicações de uma gripe e o ideal é a prevenção”, ressaltou. A coordenadora do Programa de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, a enfermeira Norma Rezende disse que a vacinação contra influenza é anual e os grupos prioritários devem procurar o posto de saúde mais próximo para se vacinar.

A meta do Ministério da Saúde é vacinar 54,2 milhões de pessoas em todo o país. A vacina é direcionada a crianças de 6 meses a menores que 5 anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), idosos (a partir de 60 anos), profissionais da saúde, povos indígenas, pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional, portadores de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade, professores de escolas públicas ou privadas.

Wilma Motta Sant´anna, de 67 anos, esteve na Policlínica Neuza Goulart Brizola, no Centro para tomar a vacina da gripe. “Todos os anos vou ao posto de saúde tomar a vacina contra a gripe. Prevenir é o melhor remédio”, disse a aposentada. Maria Aparecida de Oliveira, de 75 anos, moradora do bairro Santa Marta, também não deixa de tomar a vacina. “Na minha idade é muito comum contrair gripe, especialmente no inverno. Por isso tomo a vacina para evitar a gripe ou até mesmo uma pneumonia”, frisou.

Via: Jornal de hoje
27/04/2017

2ª Mostra Baixada de Dança em Belford Roxo


BELFORD ROXO - Em sua 2ª edição, a Mostra Baixada de Dança tem como principais objetivos proporcionar intercâmbio, diálogo entre os grupos participantes e divulgar a dança em suas diversas modalidades, onde artistas de todas as idades poderão participar em, grupos, companhias, escolas e academias da Baixada Fluminense.

As coreografias premiadas receberam seus troféus na praça de alimentação do Shopping Nova Belford.

Evento contará com a participação especial do Grupo de Percussão Corporal -  Argentina (Músicas do Brasil e Argentina - Criação Coletiva), composto pelos artistas argentinos "Agustina Montero Dip" e "Nestor Cubas Toledo". E na bancada de jurados, estará presente o Secretário Municipal de Esporte e Lazer de B.Roxo - Fabinho Varandão. 

SERVIÇO:

Datas: 29 e 30 de Abril de 2017– Casa de Cultura de Belford Roxo
Horário: 13h    
  
End: Av, Bob Kennedy, Nova Piam, Belford Roxo/RJ.

Realização: JAC3 Entretenimento
Apoio: Secretaria Municipal de Cultura de Belford Roxo

Tiroteio no Jacarezinho deixa ferido e interrompe circulação de trens no ramal de Belford Roxo

Um tiroteio que acontece perto da estação do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio, na manhã desta quinta-feira, deixou uma pessoa ferida e interrompe a circulação de trens no ramal de Belford Roxo entre 7h e 10h35. Segundo a SuperVia, as composições trafegavam apenas entre as estações de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, e Del Castilho, também na Zona Norte, e não chegavam a seu destino final, que é a Central do Brasil.

Quando chegavam à Del Castilho, os passageiros eram orientados a receber o vale-restituição do valor da passagem.

Segundo a assessoria de imprensa das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), equipes da UPP do Jacarezinho e do Comando de Polícia Pacificadora (CPP) fazem uma operação na comunidade nesta quinta para para checar informações do Setor de Inteligência e coibir o tráfico de drogas na região. Houve tiroteios em algumas localidades. Um homem foi baleado e uma pistola, apreendida. O ferido foi socorrido para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier.

Quase dois mil sem aulas

Por causa da operação, duas escolas, três creches e dois Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) estão sem atendimento na região do Jacarezinho. Segundo a Secretaria municipal de Educação, as unidades escolares atendem a 1.934 alunos.

Via: Jornal Extra
Foto: Pablo Jacob / O Globo
27/04/2017
 
Copyright © 2014 Jornal de Belford Roxo. Designed by OddThemes